sábado, 19 de março de 2011

Utilizando o LinkedIn como ferramenta de RH



Um estudo realizado por algumas consultorias em 2010 demonstrou que estar pesente em redes de relacionamento, como o LinkedIn, faz diferença para 1 em 4 avaliadores.

Por isso, é muito importante ter um perfil bem detalhado, evitar termos “clichês” e trabalhar efetivamente na criação de sua rede de relacionamentos.

O uso da internet muda muito a seleção, porque é possível observar como as pessoas se relacionam e se expressam, além de mapear quais assuntos elas buscam na rede.

A concisão é ponto fundamental para consultores e analistas, que dispõem de menos tempo para se dedicar à análise curricular. O formato preferido pela maioria ainda é o texto dividido em tópicos, também chamados “bullet points”.

Ser membro de uma das comunidades internas do Linkedin é outra boa forma de participar das principais discussões e oportunidades do mercado.
Fique atento, buscando sempre evoluir sua forma de recrutar e selecionar!


0 comentários: