domingo, 12 de setembro de 2010

Declare independência e ganhe mais tempo para fazer o que você quer


7 de setembro é a data em que se comemora a Independência do Brasil, no dia em que D. Pedro I desembainhou a espada, às margens do Ipiranga, e disse um sonoro “não” a Portugal.
Os motivos e efeitos disso poderiam ser debatidos, mas o que interessa ao nosso tema de hoje é que estar apto a dizer um sonoro NÃO, quando necessário, permite mudar muita coisa em nossas vidas.
O jornal A Gazeta, de Vitória/ES, publicou hoje – comemorando o dia da Independência – a matéria “7 maneiras de declarar sua independência”, e uma delas (na qual contribuí como convidado) é pela questão de ter tempo livre para o que se quer fazer, e não so para o que se é obrigado a fazer.





Respondi que vejo 2 ingredientes para que o ganho de produtividade nas nossas vidas não se traduza apenas em ter mais tempo para cumprir obrigações.
O primeiro deles é ter um objetivo: é preciso saber o que estamos tentando conseguir ao procurar acrescentar eficiência e produtividade às nossas vidas. Afinal, efetividade não é terminar as tarefas mais cedo, e sim fazer as tarefas que conduzem ao resultado desejado, mesmo que este resultado seja ter mais tempo livre para cuidar dos filhos, aprender um instrumento ou andar de bicicleta!
Mas o segundo é o mais importante, embora demande mais estrutura para poder ser praticado: é preciso saber dizer não.







Minha colaboração com a matéria sobre Independência que a Gazeta publicou foi sobre o bom emprego do NÃO, nestes termos:

“Precisamos aprender a deixar de usar a frase “não tenho tempo” como uma má desculpa, e adotá-la como um bom motivo para não fazer aquelas coisas que em nada acrescentam aos nossos objetivos. Assumir que “não tenho tempo” para fazer uma série de coisas me permite manter a agenda com espaço livre para fazer aquelas que acrescentam ao meu desenvolvimento pessoal, empregabilidade e à busca dos meus objetivos!”

Afinal de contas, só acordar cada vez mais cedo, ir dormir cada vez mais tarde e buscar cada gota de eficiência no nosso dia-a-dia de nada adianta, se for para só ficar eternamente correndo atrás da máquina por obrigação.

Declare independência do que você não precisa fazer, e tenha mais tempo para o que lhe acrescenta!

0 comentários: