As 7 práticas que toda pequena empresa deveria ter

Por Camila Lam, de EXAME.com

Atualizar o fluxo de caixa, gerenciar as vendas e motivar a equipe são algumas das inúmeras atividades que fazem parte do dia a dia de um empreendedor. Entretanto, muitos empresários ainda não conseguem adotar as práticas que todo negócio precisa para obter sucesso. 
Alessandro Saade, professor do Master em Empreendedorismo e Novos Negócios da Business School São Paulo (BSP), afirma que ter disciplina é indispensável para que o empreendedor possa ter os controles financeiros ou de vendas em ordem.
Para Guilherme Junqueira, gestor de projetos da ABStartups, independente do tamanho da empresa, todo empresário deveria dedicar um tempo para fazer uma boa gestão de pessoas.
“Conhecer o mercado e acompanhar o plano de negócio, não pode se acomodar”, é a recomendação de João Bonomo, professor de empreendedorismo do Ibmec/MG. Veja outras dicas dos especialistas para quem deseja ter a empresa "perfeita":
1. Focar nas finanças
Uma das principais dificuldades dos pequenos empresários é acompanhar as finanças do negócio. Para Saade, os controles diários auxiliam o empreendedor a enxergar de fato como a empresa está financeiramente.
Entretanto, para manter as contas no azul é preciso dedicação e disciplina. “Tem que desenvolver o acompanhamento e fazer diariamente. Ficar em cima do ciclo financeiro, analisar o fluxo de caixa e anotar as saídas de caixa todos os dias”, ensina Bonomo.
2. Estabelecer métricas para acompanhar as vendas
Saber o quanto a sua empresa realmente vende é uma das maneiras de estabelecer as metas do mês ou do ano com propriedade. Para Bonomo, as métricas podem ajudar na tomada de decisões, na avaliação da equipe e no planejamento estratégico do negócio.
3. Usar a tecnologia a seu favor
Hoje, muitos softwares têm plataformas simples e com armazenamento em nuvem para facilitar a vida do dono de uma pequena empresa ou de startup. “Pode criar um fluxo que pode ajudar o empresário a tomar decisões com mais agilidade”, afirma Junqueira.
4. Atualizar o plano de negócios
O plano de negócios é um documento que deveria ser ajustado peloempreendedor com frequência. “O plano de negócios é para ele entender o negócio, o que ele faz agora e quem são os seus clientes. Isso facilita um planejamento para o futuro caso aconteça alguma coisa”, aconselha Bonomo. “Tem que ter uma visão de longo prazo, olhar para o ambiente e avaliar a evolução dele”, completa Saade.
5. Comunicar sempre com a equipe
Alinhar as expectativas e comunicar com transparência com os funcionários deveria fazer parte da rotina de todo empreendedor. “As empresas não fazem isso, para muitas pessoas as coisas não estão muito claras. Elas acumulam funções e as áreas precisam estar bem definidas com funções bem definidas”, afirma Junqueira.
“Quando você monta um negócio, você monta só pensando em você. Mas isso fica limitado na sua capacidade e as pessoas não sabem o que precisa ser feito”, explica Saade. Por isso, documentar as tarefas em processos pode ajudar nessa tarefa e evitar desentendimentos.
6. Investir no marketing
Distribuir panfletos, criar um site e investir em promoções são algumas ações de marketing que pequenos empresários adotam. Entretanto, não basta apenas investir. O acompanhamento das ações é essencial para mostrar se o investimento valeu a pena. “Tem muito empreendedor que não tem noção do que gastou e não tem noção se a ação deu certo”, afirma Junqueira.
7. Buscar atualização constante 
Não existe zona de conforto para quem é dono de um negócio. “Não se acomode, estude tendências, observe seu concorrente, veja o que tem de novo e converse com seus clientes”, aconselha Bonomo.
“O empreendedor e a equipe dele tem que estar sempre em evolução, pois o mercado muda. O que trouxe sua empresa até aqui não vai levar sua empresa para frente”, afirma Saade. Cursos online e gratuitos, palestras, workshops e livros podem ajudar nessa tarefa.
PRÓXIMA
« Prev Post
ANTERIOR
Next Post »