O QUE OS CRIATIVOS DEVEM SABER


Criatividade é uma espécie de dom que pertence a um grupo seleto de pessoas. Ter grandes sacadas para fazer algo diferente não é um ponto fácil de atingir  – na verdade, muitas pessoas se julgam criativas quando, na verdade, só estão dando novo formato a algo que já existe. Criatividade é um assunto tão intrigante que Elizabeth Gilbert, autora do best-seller “Comer, Rezar, Amar”, criou uma tese para desvendar de onde surge a criatividade. Para a autora, existe uma série de “deuses criativos” que vêm de outro mundo para ajudar a nós, nobres mortais.
O problema de nos julgarmos criativos, é que com isso acabamos gerando uma auto cobrança que nos obriga a ter ideias geniais o tempo todo – o ideal é que aceitemos a criatividade como um tipo de dádiva que chega até nós quando mais precisamos dela. Se bem que é verdade também que existem alguns exercícios mentais que nos ajudam a pensar fora da caixa. O designer Jamie Wieckcriou o site The 50 para alertar aqueles que se julgam criativos com 50 informações que todos eles devem saber. Se você pertence a esse grupo, é bom que leia as recomendações de Jamie.  Caso não pertença, é bom ler também – vai que um dia os “deuses da criatividade” resolvem te fazer uma visita:
- Você não é o primeiro: atualmente, há poucos “primeiros”. Outros estúdios, freelancers e estagiários já começaram essa ideia.
- Tem sempre alguém melhor: não importa quão bom você seja, tem sempre alguém melhor. É surpreendente o tempo que você irá gastar se ficar preocupado com isso.
- É importante ter metas: se você não sabe quais são suas metas, como irá atingí-las?
- Goste-se: sua autoimagem é seu principal ponto positivo. Tenha uma imagem boa de si mesmo e enxergue-se como a pessoa que gostaria de ser.
- Não abandone seu portfólio: nunca pare de editá-lo. Ninguém procura por quantidade, mas por qualidade.
- Ouça seus instintos: se seu trabalho não te anima, não irá animar ninguém. É muito difícil se apaixonar por um trabalho medíocre.
- Pergunte: mesmo quando você acha que sabe as respostas. Você irá se surpreender com o quão pouco você sabe.
- Procure oportunidades: se você não pedir para participar de exposições, debates, pitchs e revistas, dificilmente será convidado.
- Não fique bêbados em eventos do trabalho: Tomar umas e outras para socializar tudo bem, mas cuidado para não perder a linha e com isso, a dignidade.
- Não assine sem ler: não assine nenhum contrato sem antes lê-lo por completo e também não aceite nenhum trabalho sem contrato.
- Novas ideias são estúpidas: novas ideias quase sempre são concebidas fora de contexto, o que as faz parecer estúpidas e impossível de realizá-las.
- Não se leve tão a sério: Leve seu trabalho e business com seriedade, mas não faça isso com si mesmo.


PRÓXIMA
« Prev Post
ANTERIOR
Next Post »