Obstáculos à inovação



Toda empresa precisa de inovação. Disso todo mundo sabe, mas a maioria dos empresários continua falhando na missão de colocar mais criatividade em seu trabalho. Não se pode exigir que um funcionário seja inovador, isso depende de inspiração e liberdade de criação. Para que você possa oferecer essas condições à sua equipe, o The Wall Street Journal analisou os cinco erros mais comuns dos empreendedores e preparou dicas para evitar cair nessas armadilhas. Olha só:
- Números: de nada adianta querer ver os resultados do projeto antes de ele existir de fato. Isso só vai pressionar sua equipe para atingir metas, o que dificulta o trabalho de criação e impede a criatividade.
- Produto único: algumas empresas fazem tanto sucesso com um determinado produto que acabam se prendendo somente a ele. Mas o mercado muda, a tecnologia cria novas necessidades e o foco de sua companhia pode se tornar obsoleto.
- Competidores: quando pensamos nos nossos principais competidores, a primeira coisa que costuma vir a nossa mente são empresas parecidas com a nossa. Mas a verdade é que elas são o menor dos problemas, já que disputam o mesmo mercado e enfrentam os mesmos desafios. Muitas companhias quebram por não saber como lidar com a competição que surgiu de um setor que nunca passou pela cabeça preocupada dos executivos.
- Hábitos: manter uma prática simplesmente porque todas as empresas do setor fazem e sempre fizeram do mesmo jeito é um dos grandes obstáculos para a inovação. Se não há motivo para continuar com um hábito, não tenha medo de apostar em ideias totalmente novas.
- Opinião dos consumidores: a maioria das empresas costuma fazer pesquisas de opinião com os próprios consumidores, mas esse público já está satisfeito com o seu produto e não vai apontar nenhum caminho inovador. Para conquistar mais consumidores é preciso pensar no futuro e liderar as mudanças que o mercado ainda vai apresentar.


Sobre o autor


PRÓXIMA
« Prev Post
ANTERIOR
Next Post »